Contadora dá dicas para garantir declaração do IR dentro do prazo

Marlaine Seixas, da Contabilidade Seixas, diz que o primeiro passo é reunir toda a documentação (foto: Agência Conectare)

O prazo para declarar o Imposto de Renda para quem teve rendimento superior a R$ 28.559,70 em 2018 vai até o dia 30 de abril. Só em Ponta Grossa, serão 66 mil contribuintes que devem declarar o Imposto de Renda neste ano. Já a projeção da Secretaria da Receita Federal é de 30 milhões de declarações de todo o Brasil, um total de 1,23 milhão de contribuintes a mais em relação a 2018. 

Profissional da Contabilidade Seixas, Marlaine Seixas, explica que os contribuintes devem separar todos os documentos necessários para realizar a declaração e assim evitar caírem na malha fina. “O primeiro passo é reunir esses documentos, principalmente de todos os rendimentos que a pessoa teve duramente o ano, além disso, esse ano todos os dependentes devem já ter o número do CPF informado, independentemente da idade”, esclarece a contadora, lembrando a necessidade de se acrescentar, sempre, os rendimentos dos dependentes. “Por exemplo, vai colocar o pai ou a mãe como dependente, pode, mas o contribuinte deve inserir pensão ou aposentadoria deles”, ressalta.  

“O serviço do contador é essencial nesse momento, já que prestamos toda essa assessoria para o cliente e acompanhamos o processo dele na Receita Federal”, afirma Marlaine. A menos de 30 dias do fim do prazo, a contadora alerta aos que ainda não fizeram a declaração a se apressar. Além de nos últimos dias o sistema da Receita Federal ficar mais sobrecarregado, quem quanto mais tarde fizer a declaração, mais tarde receberá a restituição – para aqueles que têm direito.  

Marlaine destaca ainda que o microempreendedor individual (MEI) exerce dois papéis: o de empresário e o de cidadão. Por isso, o MEI que atingiu o rendimento como pessoa física de R$ 28.559,70 em 2018 deve fazer tanto a declaração de Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (IRPF) quanto de Pessoa Jurídica (IRPJ).